Kit de
Resultados

Saiba os últimos resultados da Usiminas.

Kit do
Investidor

Monte o seu kit. Escolha e baixe os arquivos do seu interesse.

COTAÇÕES


Texto do Arquivo

                                                1T05
  TECNOLOGIA AVANÇADA PARA
FABRICAR AÇO E BENEFICIAR VIDAS
 Belo Horizonte, 11 de maio de 2005 ­ Usinas Siderúrgicas de Minas Gerais S/A -
 USIMINAS (BOVESPA: USIM3, USIM5, USIM6; OTC: USNZY) anunciou
 hoje os resultados do primeiro trimestre do exercício de 2005 (1T05). As
 informações operacionais e financeiras da Companhia, exceto onde estiver
 indicado de outra forma, são apresentadas com base em números consolidados e
 em reais, conforme a Legislação Societária. Todas as comparações
 realizadas neste comunicado levam em consideração o mesmo período de 2004
 (1T04), exceto quando especificado em contrário.




                                     Lucro líquido atinge R$ 1 bilhão
                                     e margem de EBITDA é recorde
 "Os resultados do 1º trimestre de 2005 foram favorecidos pelas boas condições
 do mercado interno de laminados
planos, mas refletem também a estratégia adotada nos últimos anos para consolidar
o Sistema Usiminas em posição de
destaque na siderurgia mundial. A boa performance operacional das empresas do
Sistema proporcionou um desempenho
econômico-financeiro superior, mantendo a tendência dos trimestres
anteriores. Apesar do aumento da taxa básica de
juros e de seus reflexos sobre a atividade industrial, o mercado brasileiro de
laminados planos foi sustentado pelo bom
desempenho de importantes segmentos da economia, como o automotivo e de autopeças,
o de eletrodomésticos e
aqueles com programas de exportação de longo prazo. No âmbito internacional,
EUA e Europa apresentam elevados
níveis de estoque, que provocaram pequeno declínio nos preços de venda para
esses mercados. Por outro lado, na Ásia, a
demanda continuou forte, influenciada pelo elevado ritmo de crescimento da
economia chinesa. Nesse contexto de
desafios e oportunidades, em que agilidade e capacidade administrativas são
diferenciais importantes para agregar
valor, obtivemos receita líquida de R$ 3,46 bilhões (46% de crescimento),
lucro líquido de R$ 1,0 bilhão (aumento de
179%) e EBITDA de R$ 1,72 bilhão (margem recorde de 50%). Nosso endividamento
consolidado reduziu-se em US$ 214
milhões no trimestre e a relação dívida líquida/EBITDA anualizada caiu para 0,4x,
colocando-nos em posição mais
confortável para assumir novos compromissos de investimentos. A reestruturação
da Cosipa, que culminou com o