background image















































Lucro líquido ultrapassa R$ 3 bilhões em 2004
Belo Horizonte, 25 de fevereiro de 2005 ­ Usinas Siderúrgicas de Minas Gerais S/A - USIMINAS (BOVESPA: USIM3, USIM5, USIM6; OTC: USNZY) anunciou hoje os resultados do
quarto trimestre e do exercício de 2004. As informações operacionais e financeiras da Companhia contidas neste comunicado, exceto onde estiver indicado de outra
forma, são apresentadas com base em números consolidados e em reais, conforme a Legislação Societária. Todas as comparações levam em consideração o mesmo
período de 2003, exceto quando especificado em contrário.
DESTAQUES
"O Sistema Usiminas alcançou neste exercício um expressivo resultado, o melhor de sua história, ao atingir um lucro líquido de
R$ 3,02 bilhões e um EBITDA de R$ 5,6 bilhões, comprovando a eficácia de sua estratégia empresarial e consolidando sua posição de
destaque no setor siderúrgico nacional e internacional.
O ano de 2004 foi marcado por fatores externos que influenciaram positivamente a atividade do setor. A produção mundial de aço
avançou e cresceu 9% em relação a 2003 e os preços dos produtos siderúrgicos internacionais alcançaram patamares históricos de
alta ao longo do ano.
No Brasil, a retomada do crescimento econômico e o aumento da demanda por produtos siderúrgicos trouxeram significativos
resultados para o Sistema Usiminas, que deu continuidade a sua política de priorizar e manter sua posição de liderança no mercado
doméstico.
Assim, operando a plena capacidade e num contexto de estabilidade operacional, houve quebra de recordes de produção e vendas,
tendo sido dada especial atenção ao controle e redução dos custos. A conjuntura favorável decorrente da somatória dos diversos
fatores resultou numa sólida geração de caixa operacional que permitiu reduzir o endividamento do Sistema Usiminas, em U$ 621
milhões. Ao final do exercício, estamos numa posição altamente confortável e prontos para enfrentar novos desafios.
A excelente performance nos enche de orgulho e, ao mesmo tempo, nos impulsiona na busca de melhores resultados. Os números
falam por si só."
Rinaldo Campos Soares ­ Diretor-Presidente
Desempenho
As vendas de produtos siderúrgicos alcançaram 2.170 mil toneladas no 4T04 e totalizaram 8.062 mil toneladas em 2004. O crescimento de 5% no ano
foi viabilizado pelo aumento da produção das duas usinas do Sistema, que operaram com estabilidade e à plena carga. A receita líquida consolidada
somou R$ 3,8 bilhões no 4T04 e atingiu R$ 12,2 bilhões no ano, com alta de 41% frente a 2003. A elevação dos preços médios internacionais,
acompanhada de um gradativo alinhamento dos preços domésticos, e a crescente oferta de produtos mais nobres, foram os principais determinantes
da evolução do faturamento. O lucro líquido consolidado atingiu R$ 1,1 bilhão no 4T04, com crescimento de 214%. No exercício de 2004, o lucro
líquido alcançou a marca inédita de R$ 3,02 bilhões, com expansão de 131% frente ao ano de 2003.
Perspectivas
Com a continuidade do cenário positivo do setor, a sólida geração operacional de caixa alcançada nos últimos trimestres deverá ser mantida. Os
recursos obtidos priorizarão o atendimento ao plano de investimentos do Sistema, que entra em nova fase e prosseguirá agregando valor aos
produtos. São também prioridades da Companhia, a remuneração dos acionistas e a continuidade da amortização da dívida. Não estão previstas
reduções substanciais dos preços internacionais no médio prazo, em função da demanda aquecida nos principais mercados e dos aumentos dos custos
das matérias-primas previstos para 2005.
O Sistema Usiminas tem como meta para o ano manter a comercialização no patamar de 8 milhões de toneladas de produtos siderúrgicos, e
conforme seu compromisso de dar prioridade para o mercado interno, destinar aproximadamente 75% do volume total comercializado para os
clientes locais.
milhões de R$
4T 2004
4T 2003
3T 2004
Var.%
4T/4T
2004
2003
Var.%
Vendas Físicas (mil t.)
2.170
2.120
2.011
2
8.062
7.710
5
Receita Líquida
3.809
2.442
3.285
56
12.230
8.660
41
Lucro Bruto
1.752
779
1.572
125
5.572
3.067
82
Lucro Operacional (EBIT) a
1.589
650
1.451
145
4.959
2.526
96
Resultado Financeiro
(81)
(383)
(96)
-79
(769)
(851)
-10
Lucro Líquido
1.127
359
1.005
214
3.019
1.306
131
EBITDA b
1.816
763
1.602
138
5.624
3.072
83
EBITDA (R$/t)
837
360
796
133
698
398
75
Ativos Totais
16.981
15.573
16.682
9
16.981
15.573
9
Endividamento Líquido
3.495
6.744
4.975
-48
3.495
6.744
-48
Patrimônio Líquido
5.949
3.999
5.621
49
5.949
3.999
49
(a) Antes do resultado financeiro e participações.
(b) Resultado operacional antes dos juros, impostos, depreciações, amortizações e participações.
Destaques Consolidados
4T04
TECNOLOGIA AVANÇADA PARA
FABRICAR AÇO E BENEFICIAR VIDAS
DIVULGAÇÃO IMEDIATA
Contatos:
Bruno
Seno
Fusaro Paulo
Esteves
brunofusaro@usiminas.com.br
paulo.esteves@firb.com
Tel:
(31)
3499-8710
Tel:
(11)
3897-6466/6857
background image
USIMINAS ­ Release 4T04
2/18
Mercado, Produção e Vendas

A produção brasileira de aço bruto somou 8,3 milhões de toneladas no 4T04 e totalizou 32,9 milhões
de toneladas em 2004, com crescimento de 5,7% sobre o ano anterior. Os laminados planos tiveram
desempenho ainda superior, com expansão de 9,4% e um total produzido no ano de 14,4 milhões de
toneladas.

As vendas internas de laminados planos atingiram 10,5 milhões de toneladas em 2004. O crescimento
de 13,7% foi bastante superior às projeções iniciais.

O mercado brasileiro registrou uma surpreendente reação, impulsionada em um primeiro momento
pelos setores exportadores e, a partir da metade do ano, pela recuperação dos setores mais
dependentes do nível de investimentos (equipamentos industriais, construção civil, indústria naval e
tubos de grande diâmetro) e do consumo interno (utilidades domésticas e embalagens).

Com a forte demanda do mercado doméstico, o ritmo das exportações brasileiras de laminados
planos foi proporcionalmente reduzido. Apesar disso, a marca alcançada no ano foi de 3,7 milhões de
toneladas, um crescimento de 3,6%.
Com produção de 2,2 milhões de toneladas no 4T04, o Sistema Usiminas atingiu 8,9 milhões de toneladas de aço bruto em 2004, 4% acima do
ano anterior. Com estabilidade operacional e trabalhando à plena carga, as duas usinas do Sistema superaram metas: a Usina Intendente
Câmara, em Ipatinga, respondeu por 4,7 milhões de toneladas de aço bruto (crescimento de 5%), e a Usina José Bonifácio de Andrada e Silva,
em Cubatão, produziu 4,2 milhões de toneladas de aço bruto (alta de 3%).
Milhares de Toneladas
4T04
4T03
3T04
Var.%
4T/4T
Var.%
4T/3T
2004
2003
Var.%
Usiminas
1.178
1.074
1.211
10
-3
4.738
4.524
5
Cosipa
1.051
1.064
1.067
-1
-1
4.213
4.097
3
Total
2.229
2.138
2.278
4
-2
8.951
8.621
4
Produção (Aço Bruto)
Vendas Consolidadas (mil t.)
1T02
2T02
3T02
4T02
1T03
2T03
3T03
4T03
1T04
2T04
3T04
4T04
Mercado Interno
Mercado Externo
1.890
31%
69%
78%
1.910
33%
67%
2.185
33%
67%
25%
75%
1.830
1.939
74%
26%
1.822
65%
35%
2.119
64%
36%
73%
22%
1.736
28%
1.910
72%
72%
27%
1.971
2.011
29%
71%
2.170
71%
29%
Entre produtos siderúrgicos laminados e beneficiados (incluindo placas), o Sistema Usiminas comercializou 2,2 milhões de toneladas no 4T04 e
8,1 milhões de toneladas no ano, com aumento de 5% frente a 2003.

O mix das vendas físicas anuais apresentou aumento da participação de chapas grossas, que
representou 21% do volume comercializado. Esse comportamento foi conseqüência da significativa
evolução da demanda pelo produto, que apresentou a maior elevação dos preços médios dentre
todos aços ofertados.
Maior demanda por
chapas grossas
em 2004
background image
USIMINAS ­ Release 4T04
3/18
No 4T04, o Sistema manteve a mesma distribuição das vendas físicas do trimestre anterior,
destinando 71% para o mercado interno e 29% para exportações. Com isso, a relação mercado interno
/ mercado externo ficou em 72/28 em 2004.
Acompanhando a evolução da demanda verificada em 2004, o Sistema Usiminas comercializou 5,8
milhões de toneladas no mercado interno, superando em 8% o volume de vendas de 2003. Boa parcela
desse desempenho é reflexo das vendas em níveis acima da média para os setores automotivo,
máquinas agrícolas e rodoviárias, equipamentos eletrônicos, relaminação, tubos de grande diâmetro
e indústria naval.
Mesmo com a entrada de novos concorrentes no mercado interno, o Sistema Usiminas se manteve
como o principal fornecedor de laminandos planos, encerrando o ano com participação de 55% da
demanda brasileira.

No plano externo, as vendas consolidadas da Usiminas acumularam 2,3 milhões de toneladas, com
retração de 4%. Essa redução está em linha com o planejamento estratégico da Companhia de
priorizar o atendimento ao mercado local, investindo na estabilidade das relações comerciais e na
manutenção da rentabilidade dos negócios a longo prazo.
Milhares de toneladas
4T04
%
4T03
%
3T04
%
Var.
4T/4T
2004
%
2003
%
Var.
Usiminas
Mercado Interno
925
83
801
73
831
74
16%
3.453
80
3.183
79
8%
Mercado Externo
185
17
295
27
291
26
-37%
842
20
861
21
-2%
Total
1.110
100
1.096
100
1.122
100
1%
4.295
100
4.044
100
6%
Cosipa
Mercado Interno
617
58
560
55
603
68
10%
2.331
62
2.159
59
8%
Mercado Externo
443
42
464
45
286
32
-5%
1.436
38
1.507
41
-5%
Total
1.060
100
1.024
100
889
100
3%
3.767
100
3.666
100
3%
Sistema
Mercado Interno
1.542
71
1.361
64
1.434
71
13%
5.784
72
5.343
69
8%
Mercado Externo
627
29
759
36
577
29
-17%
2.278
28
2.368
31
-4%
Total
2.170
100
2.120
100
2.011
100
2%
8.062
100
7.710
100
5%
Vendas
Os embarques do Sistema tiveram distribuição geográfica mais equilibrada em 2004, com
desconcentração das vendas para a China e elevação das exportações para os Estados Unidos e
México, dentre outros países. A América do Norte e a América Latina representaram juntas 57% do
volume exportado pelo Sistema Usiminas em 2004, contra 29% em 2003. Já as vendas para a Àsia,
passaram de 59% para 34% em 2004.
Usiminas
ME
17%
MI
83%
Distribuição das Vendas Físicas ­ 4T04
Sistema
ME
29%
MI
71%
Cosipa
ME
42%
MI
58%
Exportações do Sistema
apresentaram maior
equilíbrio geográfico
background image
USIMINAS ­ Release 4T04
4/18
Receita Líquida
A receita líquida consolidada cresceu 56% no 4T04 e atingiu R$ 3,8 bilhões. No ano, a evolução foi de
41%, com total de R$ 12,2 bilhões. A receita líquida por tonelada evoluiu de R$ 1.080 em 2003 para
R$ 1.463 em 2004, uma elevação de 35%.

O desempenho positivo da receita decorreu da alta dos preços internacionais dos produtos
siderúrgicos, beneficiando especialmente as exportações de chapas grossas e de placas. No ambiente
doméstico, a diminuição da defasagem dos preços praticados em relação aos valores alcançados no
mercado internacional, como conseqüência da forte demanda, contribuiu para o alcance desse
resultado.
Lucro Bruto
O lucro bruto foi de R$ 1,8 bilhão no 4T04, com alta de 125%. Em 2004, acumulou R$ 5,6 bilhões,
com expansão de 82%. O custo dos produtos vendidos (CPV) elevou-se em 19% em 2004, em função de
um maior volume de venda e de pressão de custo dos insumos siderúrgicos, principalmente carvão e
minério de ferro, entre outros.

A margem bruta saltou de 35% em 2003 para 46% em 2004, evidenciando o ciclo positivo da siderurgia, a capacidade da Companhia de absorver
os custos ascendentes das matérias-primas e o forte controle dos custos operacionais.
Lucro Operacional
O lucro operacional antes das despesas financeiras (EBIT) cresceu 145% e atingiu R$ 1,6 bilhão no
4T04. Em 2004, o EBIT cresceu 96% e acumulou R$ 5,0 bilhões. No comparativo anual, a margem
EBIT saltou de 29% para 41%, apesar das maiores despesas com vendas, proporcionais ao aumento das receitas de exportações, e também de
maiores despesas gerais e administrativas.
O EBITDA atingiu R$ 1,8 bilhão no 4T04, com elevação de 138%. Com isso, o EBITDA cresceu 83% no ano e ultrapassou R$ 5,6 bilhões. Essa forte
geração de caixa alcançada no exercício sintetizou a conjuntura favorável da siderurgia e a eficiência operacional, comercial e financeira do
Sistema Usiminas.
Resultado Financeiro e Endividamento
Na análise 4T/4T, as despesas financeiras líquidas apresentaram sensível redução, caindo de R$ 383 milhões no último trimestre de 2003 para R$
81 milhões no 4T04. Esse comportamento foi resultado dos menores juros pagos em função principalmente da redução do endividamento, e dos
efeitos monetários e cambiais positivos no período. No ano, as despesas financeiras líquidas acumularam R$ 769 milhões, contra R$ 851 milhões
do exercício de 2003.

A dívida bruta consolidada somava R$ 5,4 bilhões em 31 de dezembro de 2004. Deste total, 35% decorriam de operações de financiamentos de
exportações e importações, 22% referiam-se ao BNDES, 19% representavam operações no mercado de capitais e o restante, a operações variadas.
O endividamento total consolidado da Companhia foi reduzido em R$ 1,8 bilhão ao longo de 2004.
Dívida Líquida Consolidada /
EBITDA
3,5
7,
4
8,
5
10
,
1
8,
8
8,
1
7,
4
7,
4
6,
7
6,3
6,
1
5,0
0,6
4,8
5,7
3,6 2,7
2,2
5,5
2,2 2,2
2,0
1,7
1,1
1T02 2T02 3T02 4T02 1T03 2T03 3T03 4T03 1T04 2T04 3T04 4T04
DLC (R$ bi)
DLC/EBITDA
EBITDA e Margem EBITDA
1.
816
1.
602
1.
285
921
763
660
760
889
1.
019
621
440
349
48%
49%
46%
39%
31%
33%
31%
36%
42%
45%
37%
27%
1T02 2T02 3T02 4T02 1T03 2T03 3T03 4T03 1T04 2T04 3T04 4T04
EBITDA (R$ milhões)
Margem EBITDA
O perfil da dívida foi ajustado com alongamento dos vencimentos. Os compromissos financeiros de
longo prazo passaram a representar 74% dos empréstimos e financiamentos, contra 63% no ano
anterior, e a dívida consolidada está compatível com a capacidade de geração de caixa do Sistema.
A sólida situação financeira é refletida pela relação dívida líquida consolidada/EBITDA, que passou
de 2,2x no final de 2003 para 0,6x em dezembro de 2004.
EBITDA ultrapassa
R$ 5,6 bilhões em 2004
Dívida Líquida/EBITDA
cai para 0,6x
background image
USIMINAS ­ Release 4T04
5/18
Lucro Líquido
O lucro líquido consolidado atingiu R$ 1,1 bilhão no 4T04, com crescimento de 214%. No exercício
de 2004, o lucro líquido consolidado da Usiminas alcançou a marca de R$ 3,02 bilhões, com
expansão de 131% frente ao ano de 2003.

Adicionalmente às condições presentes do setor siderúrgico, o lucro líquido conquistado pela
Usiminas constituiu o merecido prêmio pela sua visão de longo prazo, pela sua fidelidade e foco
no mercado doméstico, pela gestão financeira e pela reconhecida estabilidade das suas operações
nos mais distintos cenários.
Mercado de Capitais
Em novembro de 2004, a Usiminas apresentou à CVM pedido de Oferta Pública para aquisição da
totalidade das ações de emissão da Cosipa, com a finalidade de cancelar o seu registro de
companhia aberta. O edital da operação foi publicado no dia 15 de fevereiro, marcando o leilão
para a aquisição das ações no dia 18 de março. Com a operação, a Usiminas avançará no processo
de integração do Sistema, otimizando o aproveitamento das sinergias entre as Empresas.

Em reunião realizada no dia 24 de fevereiro de 2005, o Conselho de Administração da Usiminas deliberou distribuir aos acionistas dividendos
complementares aos juros sobre o capital próprio, referentes ao exercício de 2004, de R$ 2,93208 por ação ordinária e R$ 3,22529 por ação
preferencial.

Somando as distribuições de juros sobre o capital e os dividendos complementares referentes ao exercício de 2004, a Usiminas destinou R$ 1,1
bilhão aos seus acionistas, significando um pay-out de 35% sobre o lucro líquido da controladora e um dividend yield de 9,5% para as ações
preferenciais, tomando por base a cotação de encerramento de 2004.
Na mesma reunião, o Conselho autorizou o início dos procedimentos para futura listagem da Usiminas na Latibex (Bolsa Internacional de Valores
Latino-Americanos) em Madri, visando maior aproximação junto aos investidores europeus.
Investimentos
Os investimentos consolidados totalizaram R$ 333 milhões em 2004 e respeitaram o cronograma estabelecido pela Administração. Na Usina
Intendente Câmara, os investimentos focaram basicamente o plano de manutenção preventiva e somaram desembolsos de R$ 161 milhões no
ano. Na Usina José Bonifácio de Andrada e Silva, os investimentos também se concentraram na manutenção de equipamentos e pequenas
reformas na Usina, com destinação de R$ 152 milhões.

O Sistema Usiminas se prepara para uma nova fase de investimentos. Para 2005 e 2006 estão inicialmente previstos investimentos aproximados
de US$ 230 milhões e US$ 350 milhões, respectivamente, incluindo desembolsos com manutenção e atualização tecnológica. Na Usina Intendente
Câmara, uma nova coqueria será construída, tornando o Sistema autosuficiente na produção de coque. Além deste, investimentos para maior
geração interna de energia serão feitos (uma nova termoelétrica para 60 MW na Usiminas e a instalação de uma turbina de topo na Cosipa para
12 MW). Ao final, o Sistema terá expandido sua capacidade interna de geração de energia dos atuais 16% para 33%. Ainda, a remodelação de uma
das máquinas de lingotamento contínuo da Cosipa possibilitará o enobrecimento de seus produtos, além do aumento marginal de sua capacidade
de produção de aços.
Perspectivas
O Sistema Usiminas acredita na continuidade do crescimento econômico do país ao longo de 2005, trabalhando com uma expectativa de
crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) da ordem de 3,5%. Para o mercado brasileiro de aços planos, a expectativa preliminar do IBS
(Instituto Brasileiro de Siderurgia) é de crescimento de aproximadamente 9%, impulsionado principalmente pela expectativa de demanda
daqueles setores ligados à infraestrutura.

Não são previstas reduções substanciais dos preços internacionais no médio prazo, em função da demanda aquecida nos principais mercados e
dos aumentos dos custos das matérias-primas previstos para 2005.

Admitindo esse provável cenário, a sólida geração operacional de caixa alcançada nos últimos trimestres deverá ser mantida. Os recursos
obtidos, atendendo ao planejamento estratégico da Companhia, serão direcionados para o atendimento ao plano de investimentos do Sistema,
para a remuneração dos acionistas e para a continuidade da amortização da dívida.

O Sistema Usiminas tem como meta para o ano manter a comercialização no patamar de 8 milhões de toneladas de produtos siderúrgicos, e
conforme seu compromisso de dar prioridade para o mercado interno, destinar aproximadamente 75% desse volume para os clientes locais.
background image
USIMINAS ­ Release 4T04
6/18






Teleconferência: segunda-feira, 28 de fevereiro

Local, às 10:00 horas (Brasília).
Telefones para conexão:
Brasil: (11) 4613-0500
Exterior: (55 11) 4613-4520

Internacional, às 12:00 horas (Brasília).
Telefones para conexão:
EUA: (1 800) 860-2442
Brasil: (11) 4613-0502
Demais países: (1 412) 858-4600

Senhas de acesso:
401 + PIN (local)
802 + PIN (internacional)

O áudio da teleconferência será transmitido ao vivo pela
internet, acompanhado por uma apresentação de slides no
website: www.usiminas.com.br




























# # #
Usinas Siderúrgicas de Minas Gerais S/A ­ USIMINAS é uma companhia siderúrgica integrada, com receita líquida consolidada de R$ 12,2 bilhões
em 2004. O Sistema USIMINAS, formado por USIMINAS e Cosipa, possui capacidade de produção anual de 9,5 milhões de aço bruto e ocupa posição
de liderança no mercado interno de laminados planos, que atende aos setores automobilístico, de autopeças, máquinas agrícolas e rodoviárias,
equipamentos eletro-eletrônicos e tubos de grande diâmetro.
Declarações contidas nesse comunicado relativas às perspectivas dos negócios da Companhia, projeções de resultados operacionais e financeiros e
referências ao potencial de crescimento da Companhia constituem meras previsões e foram baseadas nas expectativas da Administração em relação ao
seu desempenho futuro. Essas expectativas são altamente dependentes do comportamento do mercado, da situação econômica do Brasil, da indústria e
dos mercados internacionais, portanto sujeitas a mudanças.
background image
USIMINAS ­ Release 4T04
7/18
Anexo 1 - Demonstrações Financeiras
R$ mil
4T 2004
4T 2003
3T 2004
Var.% 4T/4T
Receita Líquida de Vendas
2.028.584
1.285.084 1.846.190
58
Mercado Interno
1.684.435 980.587 1.332.055
72
Mercado Externo
344.149 304.497
514.135
13
Custo dos Produtos Vendidos
(1.066.700)
(852.233)
(976.090)
25
Lucro Bruto
961.884 432.851
870.100
122
Margem bruta %
47%
34%
47%
+ 13 p.p.
(Despesas) Receitas Operacionais
(97.827)
(115.046)
(63.610)
-15
Vendas
(24.988)
(24.643)
(23.303)
1
Gerais e Administrativas
(33.623)
(33.738)
(34.642)
0
Outras (Despesas) Receitas
(39.216)
(56.665)
(5.665)
-31
Lucro Operacional antes das Desp.Fin.
864.057 317.805
806.490
172
Margem Operacional %
43%
25%
44%
+ 18 p.p.
(Despesas) Receitas Financeiras
(65.107)
(108.337)
(59.863)
Receitas Financeiras
(3.903)
14.055 (17.423)
Despesas Financeiras
(61.204)
(122.392)
(42.440)
Participação em Controladas
676.979 155.109
429.585
Lucro Operacional
1.475.929 364.577 1.176.212
Resultado Não Operacional
4.391 (27.722)
(10.314)
Lucro antes dos Tributos e das Participações
1.480.320 336.855 1.165.898
Imposto de Renda / Contribuição Social
(333.185)
21.350 (160.149)
Lucro antes das Participações
1.147.135 358.205 1.005.749
Lucro Líquido
1.147.135 358.205 1.005.749
220
Lucro Líquido por ação
5,22904 1,63282
4,58456
EBITDA
994.304 446.049
892.570
123
Margem EBITDA %
49,0%
34,7%
48,3%
+ 14,3 p.p.
Depreciação
64.198 65.839 63.723
-2
Provisões
66.049 62.405 22.357
6
Demonstração do Resultado Trimestral - Controladora
Legislação Societária
background image
USIMINAS ­ Release 4T04
8/18
Anexo 2 - Demonstrações Financeiras
R$ mil
2004
2003
Var.%
Receita Líquida de Vendas
6.683.127
4.808.759
39
Mercado Interno
5.323.142
3.878.889
37
Mercado Externo
1.359.985
929.870
46
Custo dos Produtos Vendidos
(3.585.897) (3.012.755)
19
Lucro Bruto
3.097.230
1.796.004
72
Margem bruta %
46%
37%
+ 9 p.p.
(Despesas) Receitas Operacionais
(304.670)
(318.792)
-4
Vendas
(97.650) (69.201)
41
Gerais e Administrativas
(118.865) (99.312)
20
Outras (Despesas) Receitas
(88.155)
(150.279)
-41
Lucro Operacional antes das Desp.Fin.
2.792.560
1.477.212
89
Margem Operacional %
42%
31%
+ 11 p.p.
(Despesas) Receitas Financeiras
(298.973)
(360.748)
Receitas Financeiras
58.605 (34.869)
Despesas Financeiras
(357.578)
(325.879)
Participação em Controladas
1.383.822
461.240
Lucro Operacional
3.877.409
1.577.704
Resultado Não Operacional
(12.628) (23.951)
Lucro antes dos Tributos e das Participações
3.864.781
1.553.753
Imposto de Renda / Contribuição Social
(811.057)
(241.066)
Lucro antes das Participações
3.053.724
1.312.687
Lucro Líquido
3.053.724
1.312.687
133
Lucro Líquido por ação
13,91994
5,98369
EBITDA
3.138.322
1.818.879
73
Margem EBITDA %
47,0%
37,8%
+ 9,2 p.p.
Depreciação
252.764 246.459
3
Provisões
92.998
95.208
-2
Demonstração do Resultado Acumulado - Controladora
Legislação Societária
background image
USIMINAS ­ Release 4T04
9/18
Anexo 3 - Demonstrações Financeiras
R$ mil
4T 2004
4T 2003
3T 2004
Var.%
4T/4T
Receita Líquida de Vendas
3.808.981 2.442.111 3.284.712
56
Mercado Interno
2.747.365 1.745.488 2.245.545
57
Mercado Externo
1.061.616
696.623 1.039.167
52
Custo dos Produtos Vendidos
(2.056.945)
(1.663.415)
(1.712.510)
24
Lucro Bruto
1.752.036
778.696 1.572.202
125
Margem bruta %
46%
32%
48%
+14 p.p.
(Despesas) Receitas Operacionais
(163.015) (129.172) (121.608)
26
Vendas
(67.337) (61.174) (55.975)
10
Gerais e Administrativas
(66.114) (68.414) (65.895)
-3
Outras (Despesas) Receitas
(29.564)
416 262
-7207
Lucro Operacional antes das Desp.Fin.
1.589.021
649.524 1.450.594
145
Margem Operacional %
42%
27%
44%
+ 15 p.p.
(Despesas) Receitas Financeiras
(81.091) (382.584)
(95.788)
Receitas Financeiras
18.526
41.961 (52.839)
Despesas Financeiras
(99.617) (424.545) (42.949)
Participação em Controladas
236.985
112.754
69.071
Lucro Operacional
1.744.915
379.694 1.423.877
Resultado Não Operacional
(85.443) (29.592) (14.167)
Lucro antes dos Tributos e das Participações
1.659.472
350.102 1.409.710
Imposto de Renda / Contribuição Social
(494.283)
9.815 (371.102)
Lucro antes das Participações
1.165.189
359.917 1.038.608
Participações Minoritários
(37.948)
(1.156)
(33.685)
Lucro Líquido
1.127.241
358.761 1.004.923
214
Lucro Líquido por ação
5,13836
1,63536
4,58079
EBITDA
1.816.063
763.219 1.601.561
138
Margem EBITDA %
47,7%
31,3%
48,8%
+ 16,4 p.p.
Depreciação
133.215
137.928
138.195
-3
Provisões
111.988 (24.233)
12.772
-562
Demonstração do Resultado Trimestral - Consolidado
Legislação Societária
background image
USIMINAS ­ Release 4T04
10/18
Anexo 4 - Demonstrações Financeiras
R$ mil
2004
2003
Var.%
Receita Líquida de Vendas
12.229.873
8.659.909
41
Mercado Interno
8.663.428
6.399.645
35
Mercado Externo
3.566.445
2.260.264
58
Custo dos Produtos Vendidos
(6.657.821)
(5.592.873)
19
Lucro Bruto
5.572.052
3.067.036
82
Margem bruta %
46%
35%
+ 11 p.p.
(Despesas) Receitas Operacionais
(613.287)
(541.508)
13
Vendas
(241.393)
(180.262)
34
Gerais e Administrativas
(245.668)
(225.643)
9
Outras (Despesas) Receitas
(126.226)
(135.603)
-7
Lucro Operacional antes das Desp.Fin.
4.958.765
2.525.528
96
Margem Operacional %
41%
29%
+12 p.p.
(Despesas) Receitas Financeiras
(768.868)
(851.445)
Receitas Financeiras
131.182 (14.762)
Despesas Financeiras
(900.050)
(836.683)
Participação em Controladas
327.065 115.711
Lucro Operacional
4.516.962
1.789.794
Resultado Não Operacional
(111.719)
(33.812)
Lucro antes dos Tributos e das Participações
4.405.243
1.755.982
Imposto de Renda / Contribuição Social
(1.294.656)
(422.414)
Lucro antes das Participações
3.110.587
1.333.568
Participações Minoritários
(91.721)
(27.396)
Lucro Líquido
3.018.866
1.306.172
131
Lucro Líquido por ação
13,76105 6,07252
EBITDA
5.623.894
3.072.426
83
Margem EBITDA %
46,0%
35,5%
+ 10,5 p.p.
Depreciação
543.331 502.746
8
Provisões
121.798 44.152
176
Demonstração do Resultado Acumulado - Consolidado
Legislação Societária
background image
USIMINAS ­ Release 4T04
11/18
Anexo 5 - Demonstrações Financeiras
4T 2004
4T 2003
2004
2003
Atividades Operacionais
Lucro (Prejuízo) Líquido do Exercício
1.147.135 358.205 3.053.724 1.312.687
Encargos e Var. Monetária/Cambiais líquidas
56.084 112.969 312.169 285.960
Depreciação, Amortização e Exaustão
64.198 60.548 252.764 241.167
Baixa de Investimentos
157 (7.736)
22.734
57
Participações em Controladas/Coligadas
(676.979)
(155.109)
(1.383.822)
(461.240)
Recebimentos de Dividendos de Subsídiarias
0 3.972
0 3.972
Imposto de Renda e Contribuição Social
333.185 (21.350)
811.057 241.066
Provisões
(17.599)
52.922 18.112 77.743
Ajuste Participação Minoritários
0 0 0
Total
906.181 404.421 3.086.738 1.701.412
(Acréscimo)/Decréscimo de Ativos
Em Contas a Receber
(42.859)
(97.560)
(34.628)
(93.316)
Nos Estoques
(1.271)
91.979 (248.848)
(20.852)
em Impostos a Recuperar
14.895 (79.547)
97.616 (81.269)
Acréscimo/Decréscimo IR/CS Diferidos
79.167 (249.459)
228.042 (138.857)
em Depósitos Judiciais
(985)
(1.296)
(29.190)
(467)
Outros
232.291 53.039 140.434 (42.668)
Total
281.238 (282.844)
153.426 (377.429)
Acréscimo/(Decréscimo) de Passivos
Em Fornecedores
(39.360)
(24.260)
(41.228)
19.469
Valores a pagar a sociedades ligadas
(56.362)
90.497 (41.814)
(29.788)
Adiantamentos de clientes
3.729 20.825 4.744 (18.688)
Tributos a recolher
53.413 23.359 84.753 11.136
Imposto de Renda e Contribuição Social
(103.178)
61.728 (327.528)
(110.702)
Outros
(51.337)
124.198 (106.803)
142.649
Total
(193.095)
296.347 (427.876)
14.076
Fluxo de Caixa das Atividades Operacionais
994.324 417.924 2.812.288 1.338.059
Atividades Financeiras
Ingressos de Emprést. e Financiam. e Debêntures
139 291.396
20.619 1.193.614
Pagamentos de Emprést./Financiam. e Debêntures
(33.386)
(384.650)
(971.627)
(2.010.387)
Juros Pagos s/ Empr./Financ., Debêntures
(20.766)
(27.312)
(155.786)
(239.116)
Fluxo de Caixa
Controladora
R$ mil
Legislação Societária
Resgate de Operações de Swap
(235)
(5.684)
(22.330)
19.124
Dividendos / Juros sobre Capital Próprio Pagos
9.897 (10.805)
(564.500)
(93.969)
Fluxo de Caixa das Atividades Financeiras
(44.351)
(137.055)
(1.693.624)
(1.130.734)
Atividades de Investimentos
(Adições) Baixa de Investimentos
(348)
(732)
(348)
(1.489)
(Adições) p/ Imobilizado, excl. Encargos Capitalizados
(55.352)
(73.406)
(161.167)
(240.369)
Baixa de ativo permanente
0 39.501
0 39.501
Fluxo de Caixa das Atividades de Investimentos
(55.700)
(34.637)
(161.515)
(202.357)
Variação Cambial sobre Disponibilidades
542 786
(1.743)
(23.927)
Variação no Saldo do Caixa
894.815 247.018 955.406 (18.959)
No Início do Período
503.324 195.715 442.733 461.692
No Final do Período
1.398.139 442.733 1.398.139 442.733
background image
USIMINAS ­ Release 4T04
12/18
Anexo 6 - Demonstrações Financeiras
4T 2004
4T 2003
2004
2003
Atividades Operacionais
Lucro (Prejuízo) Líquido do Exercício
1.127.241 358.761 3.018.866
1.306.172
Encargos e Var. Monetária/Cambiais líquidas
45.580 180.083 720.840 520.748
Depreciação, Amortização e Exaustão
133.214 130.032 543.331 502.746
Baixa de Investimentos
84.921 (7.974)
107.786 (411)
Participações em Controladas/Coligadas
(236.985)
(126.450)
(327.065)
(115.711)
Recebimentos de Dividendos de Subsídiarias
378 3.972 1.338 3.972
Imposto de Renda e Contribuição Social
494.283 (9.815)
1.294.656 422.414
Provisões
(57.329)
135.805 38.306
196.124
Ajuste Participação Minoritários
37.948 14.520 91.721 27.396
Total
1.629.251 678.934 5.489.779
2.863.450
(Acréscimo)/Decréscimo de Ativos
Em Contas a Receber
(84.193)
(261.651)
(366.937)
(68.619)
Nos Estoques
23.219 137.463 (538.611)
(191.464)
em Impostos a Recuperar
141.429 (54.459)
82.183 (149.266)
Acréscimo/Decréscimo IR/CS Diferidos
122.395 (279.950)
332.202 (138.857)
em Depósitos Judiciais
515 (7.639)
(35.349)
(40.692)
Outros
(38.421)
103.841 (4.669)
63.744
Total
164.944 (362.395)
(531.181)
(525.154)
Acréscimo/(Decréscimo) de Passivos
Em Fornecedores
(99.557)
(183.250)
26.561 (7.396)
Valores a pagar a sociedades ligadas
(77.573)
125.593 3.980 9.674
Adiantamentos de clientes
(103.892)
70.241 38.088 37.046
Tributos a recolher
98.446 29.575 132.849 15.186
Imposto de Renda e Contribuição Social
(267.160)
64.884 (527.122)
(182.251)
Outros
(2.928)
274.081 (92.463)
247.441
Total
(452.664)
381.124 (418.107)
119.700
Fluxo de Caixa das Atividades Operacionais
1.341.531 697.663 4.540.491
2.457.996
Atividades Financeiras
Ingressos de Emprést. e Financiam. e Debêntures
147.797 572.073 1.655.060
4.291.963
Pagamentos de Emprést./Financiam. e Debêntures
(619.379)
(639.665)
(3.471.627)
(5.267.568)
Juros Pagos s/ Empr./Financ., Debêntures
(89.078)
(135.451)
(581.947)
(629.115)
Fluxo de Caixa
Consolidado
R$ mil
Legislação Societária
Resgate de Operações de Swap
(20.308)
(86.118)
(92.453)
(144.518)
Dividendos / Juros sobre Capital Próprio Pagos
10.647 (11.976)
(564.500)
(97.940)
Fluxo de Caixa das Atividades Financeiras
(570.321)
(301.137)
(3.055.467)
(1.847.178)
Atividades de Investimentos
(Adições) Baixa de Investimentos
(822)
(2.981)
(2.628)
(4.792)
(Adições) p/ Imobilizado, excl. Encargos Capitalizados
(105.589)
(132.203)
(333.276)
(447.926)
Baixa de ativo permanente
(53.495)
46.688 (51.516)
46.688
Fluxo de Caixa das Atividades de Investimentos
(159.906)
(88.496)
(387.420)
(406.030)
Variação Cambial sobre Disponibilidades
(33.533)
(2.717)
(38.437)
(93.536)
Variação no Saldo do Caixa
577.771 305.313 1.059.167 111.252
No Início do Período
1.324.403 537.694 843.007 731.755
No Final do Período
1.902.174 843.007 1.902.174 843.007
background image
USIMINAS ­ Release 4T04
13/18
Anexo 7 - Demonstrações Financeiras
31-dez-04
31-dez-03
31-dez-04
31-dez-03
Circulante
3.746.938
2.309.116
6.343.217
4.247.631
Disponibilidades
1.398.139
442.733
1.902.174
843.007
Contas a Receber
890.382
855.754
1.810.734
1.443.797
Impostos a Recuperar
20.583
118.199
162.276
244.459
Estoques
931.440
682.592
1.980.457
1.441.846
Impostos Diferidos
294.607
138.857
294.607
138.857
Outros Títulos e Valores a Receber
211.787
70.981
192.969
135.665
Realizável a Longo Prazo
913.668
1.425.614
1.349.007
1.820.804
Impostos Diferidos
550.858
934.650
885.816
1.373.768
Créditos com Controladas
138.206
297.560
80.787
77.501
Depósitos Judiciais
159.480
130.290
265.855
230.506
Outros
65.124
63.114
116.549
139.029
Permanente
6.610.516
5.606.873
9.289.250
9.504.377
Investimentos
3.108.864
1.990.933
344.300
179.522
Imobilizado
3.501.652
3.615.940
8.895.881
9.274.440
Diferido
-
-
49.069
50.415
Total do Ativo
11.271.122
9.341.603
16.981.474
15.572.812
Balanço Patrimonial - Ativo
Legislação Societária (R$ mil)
Consolidado
Controladora
Ativo
background image
USIMINAS ­ Release 4T04
14/18
Anexo 8 - Demonstrações Financeiras
31-dez-04
31-dez-03
31-dez-04
31-dez-03
Circulante
2.239.083
1.846.094
3.916.815
4.205.279
Empréstimos e Financiamentos, Debêntures e Trib. Parcelados
616.470
972.226
1.378.417
2.794.185
Fornecedores, empreiteiros e fretes
98.979
140.207
347.240
316.763
Impostos, Taxas e Contribuições
461.480
77.867
738.550
238.067
Instrumentos Financeiros
27.167
27.647
129.112
90.868
Dívidas com Controladas
46.898
181.777
47.318
47.061
Contas a pagar FEMCO
-
-
11.166
8.891
Dividendos a pagar
794.803
306.372
807.026
306.415
Outros
193.286
139.998
457.986
403.029
Exigível a Longo Prazo
3.022.060
3.470.451
6.921.004
7.253.708
Empréstimos e Financiamentos, Debêntures e Trib. Parcelados
1.113.224
1.688.438
3.669.798
4.430.420
Valores a pagar Sociedades Ligadas
94.409
20.655
16.918
20.655
Contingências
589.769
502.685
1.019.548
914.315
Passivo Atuarial
962.431
967.802
1.037.093
1.024.539
Instrumentos Financeiros
155.581
54.597
556.827
284.000
Contas a pagar FEMCO
-
-
337.357
353.067
Outros
106.646
236.274
283.463
226.712
Participação dos Minoritários
-
-
194.171
114.404
Patrimônio Líquido
6.009.979
4.025.058
5.949.484
3.999.421
Capital Social
1.280.839
1.280.839
1.280.839
1.280.839
Reservas
1.675.416
1.431.532
1.649.779
1.412.410
Lucro do Exercício
3.053.724
1.312.687
3.018.866
1.306.172
Total do Passivo
11.271.122
9.341.603
16.981.474
15.572.812
Consolidado
Balanço Patrimonial - Passivo
Legislação Societária (R$ mil)
Controladora
Passivo
background image
USIMINAS ­ Release 4T04
15/18
Anexo 9 - Distribuição de Vendas Trimestrais
Milhares de toneladas
Var.
4T/4T
VENDAS FÍSICAS TOTAIS
2.170
100%
2.120
100%
2.011
100%
2%
Chapas Grossas
447
21%
438
21%
414
21%
2%
Laminados a Quente
553
25%
523
25%
503
26%
6%
Laminados a Frio
553
25%
523
25%
471
23%
6%
Eletro-Galvanizados
61
3%
66
3%
63
3%
-6%
Galvanizados por Imersão a Quente
95
4%
100
5%
109
5%
-6%
Produtos Processados
102
5%
92
4%
110
5%
10%
Placas
359
17%
378
17%
342
17%
-5%
VENDAS FÍSICAS - MERC. INTERNO
1.542
71%
1.361
64%
1.434
71%
13%
Chapas Grossas
347
16%
317
15%
319
16%
9%
Laminados a Quente
523
23%
459
21%
477
24%
14%
Laminados a Frio
434
20%
357
17%
381
19%
21%
Eletro-Galvanizados
60
3%
47
2%
58
3%
30%
Galvanizados por Imersão a Quente
78
4%
79
4%
70
3%
-1%
Produtos Processados
64
3%
63
3%
64
3%
2%
Placas
36
2%
40
2%
66
3%
-8%
VENDAS FÍSICAS - MERC. EXTERNO
627
29%
759
36%
577
29%
-17%
Chapas Grossas
100
5%
121
6%
96
5%
-17%
Laminados a Quente
30
1%
64
3%
26
1%
-52%
Laminados a Frio
119
5%
166
8%
90
4%
-28%
Eletro-Galvanizados
1
0%
19
1%
5
0%
-94%
Galvanizados por Imersão a Quente
17
1%
21
1%
39
2%
-22%
Produtos Processados
38
2%
29
1%
45
2%
29%
Placas
323
15%
339
16%
276
15%
-5%
Distribuição de Vendas por Produto - Consolidado
3T 2004
4T 2004
4T 2003
Milhares de toneladas
Var.
4T/4T
MERCADO INTERNO
1.542
100%
1.361
100%
1.434
100%
13%
Automobilístico
174
11%
132
10%
155
11%
32%
Auto-Peças
197
13%
154
11%
189
13%
28%
Construção Naval
22
1%
13
1%
14
1%
69%
Tubos de Grande Diâmetro
108
7%
79
6%
79
6%
37%
Tubos de Pequeno Diâmentro
102
7%
120
9%
104
7%
-15%
Embalagens
33
2%
21
2%
30
2%
57%
Utilidades Domésticas
37
2%
32
2%
30
2%
16%
Construção Civil
117
8%
112
8%
98
7%
4%
Eletro-Eletrônicos
62
4%
54
4%
60
4%
15%
Distribuidores
429
28%
390
28%
397
28%
10%
Maquinário e Equipamentos Ind.
39
3%
38
3%
35
2%
3%
Outros
222
14%
216
16%
243
17%
3%
Distribuição de Vendas por Segmento - Consolidado
3T 2004
4T 2004
4T 2003
background image
USIMINAS ­ Release 4T04
16/18
Anexo 10 - Distribuição das Vendas Acumuladas
Milhares de toneladas
Var.
VENDAS FÍSICAS TOTAIS
8.062
100%
7.710
100%
5%
Chapas Grossas
1.712
21%
1.568
20%
9%
Laminados a Quente
2.124
26%
2.070
27%
3%
Laminados a Frio
1.999
25%
1.913
25%
5%
Eletro-Galvanizados
252
3%
218
3%
16%
Galvanizados por Imersão a Quente
381
5%
371
5%
3%
Produtos Processados
419
5%
416
5%
1%
Placas
1.174
15%
1.155
15%
2%
VENDAS FÍSICAS - MERC. INTERNO
5.784
72%
5.343
69%
8%
Chapas Grossas
1.252
16%
1.164
15%
8%
Laminados a Quente
1.984
24%
1.864
23%
6%
Laminados a Frio
1.568
19%
1.431
19%
10%
Eletro-Galvanizados
221
3%
172
2%
28%
Galvanizados por Imersão a Quente
290
4%
315
4%
-8%
Produtos Processados
257
3%
279
4%
-8%
Placas
213
3%
118
2%
81%
VENDAS FÍSICAS - MERC. EXTERNO
2.278
28%
2.368
31%
-4%
Chapas Grossas
461
6%
405
5%
14%
Laminados a Quente
140
2%
206
3%
-32%
Laminados a Frio
431
5%
481
6%
-11%
Eletro-Galvanizados
31
0%
46
1%
-31%
Galvanizados por Imersão a Quente
91
1%
57
1%
60%
Produtos Processados
162
2%
136
2%
19%
Placas
962
12%
1.037
13%
-7%
2004
2003
Distribuição de Vendas por Produto - Consolidado
Milhares de toneladas
Var.
MERCADO INTERNO
5.784
100%
5.343
100%
8%
Automobilístico
624
11%
490
9%
27%
Auto-Peças
739
13%
629
12%
17%
Construção Naval
84
1%
31
1%
171%
Tubos de Grande Diâmetro
337
6%
305
6%
10%
Tubos de Pequeno Diâmentro
444
8%
504
9%
-12%
Embalagens
113
2%
61
1%
85%
Utilidades Domésticas
124
2%
191
4%
-35%
Construção Civil
418
7%
476
9%
-12%
Eletro-Eletrônicos
233
4%
177
3%
32%
Distribuidores
1.578
27%
1.572
30%
0%
Maquinário e Equipamentos Ind.
164
3%
105
2%
56%
Outros
926
16%
802
14%
15%
2004
2003
Distribuição de Vendas por Segmento - Consolidado
background image
USIMINAS ­ Release 4T04
17/18
Anexo 11 - Participação de Mercado
2004(**)
2003(**)
2002(**)
2001(*)
MERCADO INTERNO
55%
60%
62%
59%
Automobilístico
55%
62%
62%
66%
Auto-Peças
62%
67%
73%
69%
Construção Naval
100%
100%
100%
100%
Eletro-Eletrônicos
63%
58%
54%
64%
Utilidades Domésticas
36%
44%
44%
47%
Tubos de Grande Diâmetro
98%
95%
100%
100%
Tubos de Pequeno Diâmetro
60%
68%
80%
77%
Embalagens
15%
16%
14%
12%
Construção Civil
48%
58%
54%
45%
Distribuidores
51%
59%
62%
66%
(*) Definida pelos mercados de USIMINAS, Cosipa, CSN .
(**) Definida pelos mercados de USIMINAS, Cosipa, CSN, Acesita e a partir de set. a CST.
Fonte: Sistema de Informações-IBS
Participação de Mercado - Sistema Usiminas
(% volume)
background image
USIMINAS ­ Release 4T04
18/18
Anexo 12 - Financiamentos
R$ milhões
31/12/04
Curto Prazo
31/12/04
Longo Prazo
31/12/04
Total
30/09/04
Total
31/12/03
Total
Var.
4T04/3T04
ENDIVIDAMENTO TOTAL
Moeda Estrangeira (*)
972 2.874 3.846
4.460
5.401
-14%
IGP-M
115 216 331
320
393
4%
TJLP
224 360 584
641
747
-9%
Outros
47 57
105
100
295
5%
Sub-Total
1.358 3.508 4.866
5.521
6.835
-12%
Debêntures
0 0 0
243
257
-100%
Sub-Total
1.358 3.508 4.866
5.764
7.092
-16%
Tributos Parcelados
20 161 182
178
133
2%
TOTAL
1.378 3.670 5.048
5.943
7.225
-15%
FEMCO
11 337 349
357
362
-2%
TOTAL
1.390 4.007 5.397
6.299
7.587
-14%
(*) 99,3% do total de moedas estrangeiras é US dólar
Empréstimos e Financiamentos por Indexador - Consolidado

R$ milhões
4T 2004
4T 2003
2004
2003
Efeitos Monetários
(21)
(117)
(161)
(288)
Variação Cambial
229 39 223
1.042
Receitas (Despesas) de Hedge
(225)
(192)
(423)
(993)
Juros de Empréstimos, Financiamentos, ACC´s e Pré-Pagamento
(97)
(169)
(497)
(658)
Receitas Financeiras
62 52 191 140
Outras Despesas Financeiras
(30)
3 (102)
(94)
RESULTADO FINANCEIRO LÍQUIDO
(81)
(383)
(769)
(851)
Resultado Financeiro Consolidado